08/01/2013

"CADA UM SABE A DOR E A DELICIA DE SER O QUE É"


 As pessoas curtem o que quiserem curtir,estou de cara com essas mensagens que rolam por ai querendo impor as pessoas comportamentos, éticas, estéticas e moralismos massificadores. Essa é uma rede social, não uma rede de obrigações sociais e de especulação moral ou financeira. Apesar de dar espaço pra isso a base fundadora do face parece estar  na ideia do encontro e da partilha. 

A foto sorriso tão criticada e debochada, é bem melhor do que fotos cara de defunto tiradas na antiguidade,se elas servem pra provocar um sorriso mesmo que com proposito único do instante,já valeu, pela massagem facial,tonificação dos músculos,liberação de endorfina ,também porque de alguma forma despertam sentimentos de ternura ,duvida,certeza,critica nos interessados mais próximos.

Acho legal quando posto uma fato e recebo centenas de curtidas, parece que elas tem mais valor do que centenas de textos e imagens que eu mesma ache  interessante, é como se fosse a confirmação para saber  que, o que você é e como você esta nos interessa mais.  

Se você acha que tudo tem quem ser do modo que idealiza, voltado pra divulgar sua empresa seu trabalho suas concepções éticas , morais e recheado de ações culturais então crie seu próprio grupo de interesses,é tão simples . Tente não julgar  as pessoas por aquilo que elas curtem ou não, a vida por si só já é uma grande batalha. 

O facebook da espaço para formação de grupos sociais ,paginas pessoais e paginas profissionais, aqui já foram feitas campanhas humanitárias de grande porte,até grandes revoluções como a Primavera Árabe, lembram? Basta você saber usar a ferramenta.Não esqueça que esta nasceu da vontade de alguns adolescentes de facilitar o contato com outras pessoas da mesma faculdade, ela evoluiu e hoje você pode fazer contato com grupos de interesse comum, com pessoas, empresas e sociedades, mas a pagina pessoal é de cada um e quem não gosta pode desmarcar, bloquear ,ignorar ...

O dia a dia da maioria das pessoas não é feito de grandes movimentos ou feitos, e sim de simplicidade,rotina,trabalho ,contas ,cuidados ,respeito mutuo, compaixão e muita vontade de vida, o que não significa que estão longe de suas paixões .

Por aqui podemos fazer um exercício e tanto , como os em direção aos verdadeiros valores,para exercitar nosso melhor ,acompanhar amigos, estar ligado nos movimentos das pessoas que nos interessam , que nos inspiram , aprender a respeitar o espaços do outro ver como cada um consegue tornar suas pequenas coisas melhores, mais coloridas e divertidas até mesmo não fazer nada ,brincar e rir de besteiras para desopilar o stress do dia a dia. 

Também podemos ver como boas intercessões acontecem e junto a elas aprendermos a nos relacionarmos melhor com tudo a nossa volta ,com bons contatos e boas trocas ,dicas e novidades.

Freud uma vez disse "Nos formamos conforme nossas identificações" então posso buscar minha identidade de varias maneiras e esta é apenas uma centelha no vasto universo de possibilidades... Fico muito chateada quando me deparo com mensagens de moral do tipo " quecas furadas". Particularmente conheço pessoalmente mais de 300 pessoas aqui e não vejo muita  distancia daquilo que elas são na realidade do que mostram aqui, é obvio que por mais que tentem não conseguem mostrar mais do que uma pequena porção do que são , mais o que mostram esta nelas de uma forma ou de outra. Se seu olhar for atento e humilde, ira encontrar irreverencia, genialidade, simplicidade,cumplicidades, timidez, coragem, complacência, inveja, medo, carência, compaixão,desprezo ,alegria,tristeza,criatividade,união ,amor ,amizade.. ,bem como também pode encontrar  maldade e perversão. Tudo que ha de mais concreto fora daqui da noticias por aqui com a diferença que fora daqui temos menos possibilidades de proteção e defesa. Penso que nossa especie só se mantem porque o bem triunfa pela empatia.Aqui ficam nossos registros la fora a nossa vida, aqui um instante la fora múltiplas possibilidade ,aqui um mundo de abstrações la fora um universo sensorial , aqui uma passagem la um existir.